sábado, 11 de junho de 2016

O BRASIL E O MUNDO PRECISAM TER ESCUDO ANTI MÍSSEIS NUCLEARES




NÓS PRECISAMOS SALVAR A VIDA NA TERRA, PORTANTO,  PENSAR E APRIMORAR A IDEIA PODE SER HÁ ÚNICA CHANCE  

   A 2ª Guerra Mundial introduziu no mundo, uma enorme variedades de tecnologias criadas  pelos nazistas, e talvez a principal inovação foi a bomba atômica, um fato que proporcionou uma revolução, de mudanças de comportamentos para humanidade; Londres foi a primeira cidade vítima de bombardeio com mísseis, e só  não foi  bombardeada com a bomba atômica, porque os alemães ainda não sabiam faze-la, todavia, si tivessem o conhecimento talvez, os rumos da guerra fosse muito diferente,  poderiam usa-la e fazer a chantagem, para que as nações inimigas cedessem aos nazistas, e não tentassem se defender contra os alemães. O principal numa guerra atual após a introdução, de todo este conhecimento bélico, deixou de ser o contingente humano, disponível para combater o adversário, além das técnicas e estratégias de combate do exército,  houve uma mudança absoluta de comportamento , porque com um único míssil é capaz, de matar milhares de pessoas e soldados, só depende do poder de destruição da arma, nós realmente entramos numa nova fase, da história da humanidade para todos os países.
   O avanço desta tecnologia proporcionou ao planeta, há oportunidade de imaginar a extinção de todos os seres vivos, um grupo de países detém armas nucleares,com quantidade de armas  suficiente, para explodir o planeta várias vezes, e existe um esforço para diminuir a quantidade delas, todavia, existe  muita resistência de alguns países, parta atender aos anseios de todas as nações;  O risco de acontecer uma guerra nuclear é um fato incontestável, ninguém ostenta há existência deste tipo de arsenal, somente como ameaça para prevalecer o respeito ou "enfeite", ou para ostentar a soberania das nações detentoras das armas, portanto, si alguma potencia nuclear tiver há necessidade de usa-las, não exitarão em faze-lo contra qualquer país, principalmente contra uma aliança de países rivais. O problema se torna gravíssimo exatamente por considerar, que os efeitos de um ataque nuclear, poderiam serem sentidos por toda humanidade,a radiação nuclear estaria livre na atmosfera, portanto, os efeitos da atuação desta energia poderiam, agir e destruir lentamente toda vida no planeta, provocando as mutações que já foram estudadas, e modificando geneticamente toda vida, além da esterilidade e outras doenças como câncer, proporcionando há  extinção de varias espécies, contaminando o solo e alimentos com a radiação, enfim, todas as suposições referentes a propagação de radiação nuclear e as consequências, seriam sentidas independentes das pessoas, estarem exatamente na região dos ataques nucleares, numa comparação simples podemos dizer que toda humanidade, será vítima de um único ataque nuclear, é indiferente a sua localização, é tudo uma questão de tempo para que efeitos si aproximem de você, portanto, inventar formas de defesa contra ataques nucleares, é inevitável tem que ser feito,  devemos aceitar  como fato urgente, considerando que as potencias nucleares não estão, disponíveis para desfazerem seus arsenais nucleares, consequentemente, fazer escudos anti mísseis nucleares é a única solução.
   Um Escudo anti mísseis nucleares é um tema complicado, porque já foi analisado e quase provocou, a 3ª Guerra Mundial entre os Estados Unidos e extinta União Soviética, em pleno período da guerra fria, porem, oque promovia esta condição era a concepção do projeto americano, além da rivalidade ideológica entre as duas super potências; O projeto propunha a colocação de mísseis em satélites, para interceptar e destruir os mísseis dos adversários, que fossem enviados para os Estados Unidos e os seus aliados, a ideia não foi aceita é óbvio, afinal, manter armas direcionadas diretamente para um rival, é uma forma de agressão e intimidação, e considerando um país isso é uma afrontar a soberania, a verdade é que utilidade deste tipo de projeto, poderia facilmente ser adaptado para atacar qualquer país, manter armas num satélite e viajando sobre qualquer país, seria uma declaração de guerra enrustida para todas as nações. As tecnologias atuais nos permite analisar que, todas as estratégias são criadas para destruir, as forças do exército do país inimigo com muita rapidez e eficiência, e isso  ajudará a vencer uma guerra com agilidade, portanto, tecnologia é indispensável para todos os países poderem, se defender corretamente e atacar também, e velocidade e eficiência tornou-se um fator, insubstituível para todo tipo de tecnologia de armas.
   O verdadeiro projeto escudo anti mísseis nunca foi mencionado, e nunca foi analisado há possibilidade de faze-lo, porque nunca foi estudado por especialistas, contudo, existem tecnologias no planeta que possibilitam, a elaboração deste sistema de defesa contra ataques nucleares, já existem mísseis, radares e satélites, o único problema é aperfeiçoa-los para essa utilidade; A velocidade de informações e dos mísseis, certamente que são características fundamentais deste sistema, aliás, aprimorar a tecnologia de radares são os fatores, determinantes para ter êxito neste sistema de defesa, e desenvolver mísseis com velocidade extremamente superior, que os mísseis balísticos intercontinentais, é  a única maneira para interceptar e destruir, os mísseis lançados de qualquer potência nuclear, todavia, localiza-los ou rastreá-los é uma parte muito difícil, desta tarefa num ataque e isso obrigaria a fazer, tecnologia especifica para identifica-los. O sincronismo de informações rápidas possibilitaria, destruir qualquer ataque nuclear, em qualquer lugar do planeta enviando mísseis, de um país com esse sistema de defesa,  para destruir o míssil balístico intercontinental,  estando ainda no trajeto para o alvo, ainda pode-se mencionar que a identificação mísseis nucleares, pode ser feito também por radares e satélites, identificando as fontes de calor do próprio míssil, tecnologia que já foi criada e neste caso, seria aprimorada o sistema de identificação de calor, para que houvesse a competência necessária, para impedir o êxito do ataque nuclear, é realmente uma situação complexa, considerando que é necessário enviar para o  espaço, uma quantidade de satélites que propiciem, esta parte deste complexo sistema de defesa nuclear.
   Um projeto de defesa desse tipo, tem etapas difíceis para concluir porque, o Brasil e inúmeros países não dominam, a tecnologia para fazer foguetes e mísseis, além do envio de satélites para o espaço, a verdade é que não dominam também, a tecnologia para fazer satélites e principalmente, com as características deste projeto especificamente, essa é uma situação inovadora para humanidade; A urgência para fazer este projeto é um fato, que restitui a segurança da continuidade da vida neste planeta, fortalece a soberania das nações contra a chantagem, que representam o convívio com esse tipo de poderio bélico, e promove equilíbrio de forças entre todos países, um conceito científico que deveria ser, analisado por todas as nações, cuja a relevância do fato apresentado, é superior do que possamos imaginar, porque impõe harmonia entre as super potências, exatamente porque desfaz toda vulnerabilidade, para os efeitos que possam causar uma guerra nuclear. A vida tem um valor muito importante, e os países que tem mísseis nucleares usarão, quando tiverem necessidade, é um fato que "As pessoas usam a força que tem, quando precisam fazer isso", portanto os arsenais nucleares não existe, somente para proporcionar despesas, para os países detentores desta tecnologia, e quando percebemos a relutância das potências nucleares, para diminuir a quantidade de armas, sobretudo, confirmando que aumentarão os arsenais, devemos criar nossas próprias de defesa, contra o poder devastador de uma explosão atômica.
   O conceito apresentado é contraditório, quando afirma a necessidade de tornar os países ainda mais armados, contudo, é necessário entender que uma mentalidade destrutiva, já existe com a própria existência dos arsenais nucleares, portanto, precisamos criar sempre mecanismo de defesa, não devemos nos tornar iguais as potências nucleares; A tecnologia apresentada ainda não foi feita, contudo, toda tecnologia que surgiu após a 2ª Guerra Mundial, gerou como consequência também uma sequencia, de outras tecnologias que fez a humanidade usufruir de invenções incríveis, e esta tecnologia também não é diferente das outras,  precisamos começar à pensar corretamente, " A inteligência foi criada para ser bem usada", então, precisamos começar a agir seja com outros países, ou somente o Brasil, é necessário desenvolver as técnicas desta tecnologia. O mundo precisa preservar sua própria existência,  e isso se faz individualmente ou em grupo, existe pessoas inteligentes em todos os países, que com capacidade para desenvolver estes projetos, e salvar o planeta da tirania e ignorância, que possa proporcionar o uso de armas nucleares, só devemos acreditar em nosso próprio potencial, para não ser vitima das consequências de um ataque nuclear, nem da perversidade de ninguém neste planeta, acreditar sempre na benevolência dos outros  é um erro grave, porque existem todo tipo de gente neste planeta, inclusive os lideres medíocres deste planeta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário